quinta-feira, 16 de setembro de 2010

{ - = - }



*** Algumas pessoas fazem certas coisas de propósito, justamente porque não existe nenhum tipo de punição. ***


** Outros acreditam de propósito pois corrigir dá trabalho... É mais fácil abstrair. ***


*** Os terceiros ficam no meio, enlouquecendo. ***


==> Um engano proposital é sempre um engano de propósito <==

5 comentários:

  1. Cada um no universo do seu comodismo, achatando os do meio.

    Os incomodados que não se retirem.
    Vale mais a loucura eloquente que o silêncio estéril!

    Reflexões importantes, Letícia, na ponta da lâmina.

    Sabe o que mais me aflige? Uma outra categoria: a dos que erram de propósito. A consciência assusta sempre...

    Beijos, querida.
    Ler-te engrandece!

    ResponderExcluir
  2. E, noutras vezes, algumas coisas feitas fora de propósito são justamente os loucos se manifestando; como, por ex., este pueril leitor que vos escreve porque, sem querer, veio parar neste blogue e encantou-se por ele.

    O mundo das letras é mesmo incrível, parabéns moça.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. ''** Outros acreditam de propósito pois corrigir dá trabalho... É mais fácil abstrair. *** ''

    talvez essa seja a frase certa pra configurar o confomismo de ser e eaceitar. Acho que no fundinho temos mesmo preguiça de corrigir. A correção exirge mudança e acerto. Talvez essa suposta 'preguiça' seja o medo de tentar corrigir e acabar correndo o risco de errar. Talvez não.

    Ai...amei tudo aqui...o dificil é eu conseguir sair ...

    Bjo de fã!

    ResponderExcluir
  4. Concordo com a Tâmara, as vezes a gente se acomoda por simplesmente dar trabalho de mudar, de agir...
    EU queria estar só no meio enlouquecendo, mas confesso que o comodismo as vezes é meu sobrenome tbém...
    Beijos Lê! Adoro te ler.

    ResponderExcluir